O LICENCIADO COM PRAZER NA POLÍTICA - PEDRO VAZ

Despacho n.º 26018/2009
1 — Nos termos e ao abrigo do n.º 1 do artigo 2.º e do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 262/88, de 23 de Julho, nomeio o licenciado
Pedro Manuel Amaro Martins Vaz para exercer as funções de adjunto,
em comissão de serviço.
2 — O presente despacho produz efeitos a 9 de Novembro de 2009.
9 de Novembro de 2009. — O Secretário de Estado da Juventude e
do Desporto, Laurentino José Monteiro Castro Dias.
32402009

O licenciado ????
Anónimo a 29 de Março de 2012 às 19:25
Caro Anónimo:

http://dre.pt/pdf2sdip/2009/12/251000000/5256952569.pdf

onde se lê:

Centro Jurídico
Declaração de rectificação n.º 3100/2009
Ao abrigo da alínea h) do n.º 1 do artigo 4.º do Decreto -Lei
n.º 162/2007, de 3 de Maio, conjugados com o disposto no n.º 2 do artigo 9.º do Regulamento de Publicação de Actos no Diário da República,
aprovado pelo Despacho Normativo n.º 35 -A/2008, de 29 de Julho, e alterado pelo Despacho Normativo n.º 13/2009, de 1 de Abril, declara -se que
o despacho n.º 26018/2009, publicado no Diário da República, 2.ª série,
n.º 231, de 27 Novembro de 2009, saiu com as seguintes inexactidões
que, mediante declaração da entidade emitente, assim se rectificam:
1 — No sumário, onde se lê «Nomeia o licenciado Pedro Manuel
Amaro Martins Vaz» deve ler -se «Nomeia Pedro Manuel Amaro Martins Vaz».
2 — No n.º 1, onde se lê «nomeio o licenciado Pedro Manuel Amaro
Martins Vaz» deve ler -se «nomeio Pedro Manuel Amaro Martins Vaz».
3 — No n.º 2, onde se lê «produz efeitos a 9 de Novembro de 2009»
deve ler -se «produz efeitos a partir da presente data».
18 de Dezembro de 2009. — A Directora, Susana de Meneses Brasil
de Brito.
Pedro Vaz a 29 de Março de 2012 às 22:40
Caro Pedro Vaz,

Ja verifiquei o link e devo-lhe um pedido de desculpas.

Poucos são aqueles que exigem um pedido de rectificação num caso destes.
ze anonimo a 3 de Abril de 2012 às 17:28
pena nao haver mesmo uma rampa para o inferno, para empurrar essa gentalha toda
carla França a 22 de Abril de 2012 às 17:13
Paula Teles foi-me falada pelo Núcleo de Acessibilidades da Camara Municipal de Cascais... Foi muito elogiada! Muito provavelmente, pelo que acabei de ler, fui enganado. Vou investigar. Cheguei aqui porque estou a tentar perceber o que é o Programa RAMPA (mais um plano que não passa do papel) porque estou a preparar um artigos sobre os muitos planos e mais planos que se fazem sobre acessibilidades mas que nunca são implementados. O artigo é para o Blogue Minuto Acessível (link: http://minutoacessivel.blogspot.pt/2013/10/minuto-acessivel-uma-marca-estrategica_9.html ). Obrigado
Fernando Cardoso a 3 de Novembro de 2013 às 00:31
Paula Teles foi-me falada pelo Núcleo de Acessibilidades da Camara Municipal de Cascais... Foi muito elogiada! Muito provavelmente, pelo que acabei de ler, fui enganado. Vou investigar. Cheguei aqui porque estou a tentar perceber o que é o Programa RAMPA (mais um plano que não passa do papel) porque estou a preparar um artigos sobre os muitos planos e mais planos que se fazem sobre acessibilidades mas que nunca são implementados. O artigo é para o Blogue Minuto Acessível (link: http://minutoacessivel.blogspot.pt/2013/10/minuto-acessivel-uma-marca-estrategica_9.html ). Obrigado
Fernando Cardoso a 3 de Novembro de 2013 às 00:36
Fica aqui o meu contributo: http://minutoacessivel.blogspot.pt/2014/01/serie-o-plano-t1-ep6-era-uma-vez-uma.html
Fernando Cardoso a 19 de Janeiro de 2014 às 22:20